Fone 21 2608.6216 e 2616.3887 - WhatsApp 96487.4287

Norma ABNT 16015-2012

Borda selada
Borda finalizada de uma unidade de vidro insulado, desenhada para garantir que se reduza ao mínimo a transmissão de vapor de água entre a câmara interna e o exterior da unidade.

Câmara interna (ou câmara isolante)
Espaço entre as placas de uma unidade de vidro insulado. Ambiente isolado limitado pelo vidro insulado e o espaçador de borda, também utilizado para determinar a distancia entre os vidros da unidade de vidro insulado Existem dois tipos de distintos de espaçadores utilizados habitualmente na indústria:

a) Espaçador rígido: perfil coco que contém o dessecante em seu interior, como orifícios que permitem que o dessecante entre em contato com o ar do interior da unidade de vidro insulado; ou

b) Espaçador orgânico: perfil flexível que contém o dessecante e selantes incorporados em sua massa.

Espaçador
Componente de material rígido ou flexível (orgânico), utilizado para separar as placas de vidro insulado e manter a espessura da câmara interna, limitando o selo de borda.

Espessura do vidro insulado
Soma das espessuras das placas de vidro que o compõe mais a espessura da câmara interna

Estanqueidade
Qualidade da vedação do vidro insulado que impede a troca de umidade, vapores ou gases entre a câmara e o ambiente externo

Face do vidro insulado
Cada face de um vidro componente, que corresponde a um número, sendo que a face externa (voltada para o lado exterior da instalação) é sempre a face 1. No vidro monolítico a seguinte é a número 2. Em vidros laminados, somam-se os números das fases de acordo com as quantidades dos vidros que compõem o insulado.

Índice de penetração de umidade
Capacidade de absorção do material dessecante utilizado, depois de ser submetido às condições normais de envelhecimento

Selante
Material orgânico ou inorgânico que, uma vez aplicado, possui as propriedades físicas e químicas (resistência mecânica, resistência a intempéries, adesão, coesão, elasticidade e durabilidade) adequadas para ser utilizado na selagem das bordas

Selante primário
Selante que é aplicado primeiramente, com a função de atuar como barreira contra o vapor

Selante secundaria
Selante aplicado no contorno exterior das unidades de vidro insulado, dando rigidez, estrutura e vedação a umidade, a todo conjunto

Vidro insulado
Conjunto formado por duas ou mais placas de vidro paralelas, separadas por um espaçador, com as bordas hermeticamente seladas ao longo de todo o seu perímetro, formando em seu interior uma câmara estanque e desidratada. Em alguns casos a câmara pode conter gases inertes para melhorar o comportamento térmico e/ou acústico.